TERMINAIS RODOVIÁRIOS

Em novembro de 1977, foi firmado um convênio entre os orgãos da administração federal e estadual, para a elaboração do PITERP - Plano Integrado de Terminais Rodoviários.

Ficou estabelecido que o Metrô iria realizar os estudos para o planejamento, implantação e operação, diretamente ou através de terceiros, do transporte de passageiros no Município de São Paulo.

Em maio de 1977, o Metrô passou a administrar e explorar comercialmente o Terminal Intermunicipal Jabaquara e inaugurou em maio de 1982 o moderno Terminal Rodoviário Tietê, em substituição à antiga Rodoviária Júlio Prestes.

Posteriormente foram implantados os Terminais Rodoviários Bresser, em janeiro de 1988, e Barra Funda, em dezembro de 1989, sendo que o Terminal Rodoviário Bresser foi desativado em Dez/2001. Em janeiro de 1990, os Terminais Rodoviários foram terceirizados pelo Metrô que, através de concorrência pública, contratou o Consórcio Prima, para administrar e explorar comercialmente os quatro Terminais Rodoviários da cidade de São Paulo, incluindo as responsabilidades sobre manutenção e conservação das instalações existentes, bem como, da ampliação e modernização dos terminais.

Nos Terminais Rodoviários Tietê e Barra Funda existem, ainda, estacionamentos para veículos, permitindo uma melhor integração.

Os Terminais Rodoviários da cidade de São Paulo estão integrados ao sistema Metroviário, facilitando o acesso dos passageiros com maior conforto, segurança e rapidez.

Informações gerais: 3866-1100.

  • TERMINAL INTERMUNICIPAL JABAQUARA

    TERMINAL INTERMUNICIPAL JABAQUARA
  • TERMINAL RODOVIÁRIO GOVERNADOR CARVALHO PINTO (TIETÊ)

    TERMINAL RODOVIÁRIO GOVERNADOR CARVALHO PINTO (TIETÊ)
  • TERMINAL RODOVIÁRIO PALMEIRAS-BARRA FUNDA

    TERMINAL RODOVIÁRIO BARRA FUNDA

PARA ONDE VOCÊ VAI?