ARTE NO METRÔ

O projeto Arte no Metrô tem um acervo de 91 obras de arte contemporânea, distribuídas em 37 estações das Linhas 1, 2, 3, 5 e 15. As esculturas, murais, painéis e instalações primam pelo caráter de durabilidade, monumentalidade e diálogo com os passageiros.

As primeiras obras do acervo de arte contemporânea do Metrô, instaladas em 1978, acompanham o projeto de revitalização da Praça da Sé. São elas: “Garatuja”, de Marcelo Nitsche e “Sem Título”, de Alfredo Ceschiat

Arte no Metro Arte no Metro

A obra mais recente adquirida pelo Metrô foi em 2014, a instalação “O Descanso da Sala”, de José Spaniol, na Estação Alto do Ipiranga, Linha 2-Verde

Arte no Metro

O livro "Arte no Metrô" conta toda a história do projeto, com detalhes de cada trabalho. Acesse o Livro Digital e conheça o acervo artístico do Metrô de São Paulo.