ARQUITETURA - LINHA 5-LILÁS

A ARQUITETURA DA LINHA 5-LILÁS

CONCEITOS

O conceito arquitetônico das estações da Linha 5-Lilás, no trecho entre Adolfo Pinheiro à Chácara Klabin, possui como principais características o pleno aproveitamento dos espaços resultantes dos métodos construtivos de escavação empregados, revelando e aproveitando ao máximo os espaços resultantes dos métodos construtivos por meio da exploração plástica destes através de aberturas entre os níveis de circulação da estação, que também permitem o máximo aproveitamento da ventilação e iluminação naturais para a manutenção da salubridade dos espaços enterrados e a plena percepção dos espaços públicos que compõem a estação.

Esta condição de aberturas das áreas mais profundas até a superfície e incorporam também conceitos de sustentabilidade, no que tange a possibilidade de redução do consumo de energia elétrica.

As estações do trecho apresentam diferentes características volumétricas, definidas em função da localização, das necessidades operacionais e do método construtivo empregado.

Estações em VCA - Conceito da Tipologia Padrão
Praças - Conceito da Tipologia Padrão

O Método construtivo de Vala a Céu Aberto - VCA foi utilizado em duas configurações: vala retangular ou múltiplos poços. Esta condição construtiva permitiu a constituição de um mezanino inferior no primeiro nível onde se localizam os bloqueios, as bilheterias, salas de apoio operacionais e as escadas rolantes e elevadores de acesso à plataforma. Também neste nível e na área não tarifada há a conexão com o acesso secundário, por meio de túnel de travessia sob o viário loca, permitindo livre segura e plena acessibilidade da região à estação.

As estações Adolfo Pinheiro, Brooklin, Campo Belo, são exemplos da aplicação do método de múltiplos poços e as estações Borba Gato, Alto da Boa Vista, Ibirapuera, Moema, Servidor, são exemplos da aplicação do método VCA.

Nas estações construídas por meio da escavação de poços ou vala que se conecta ao corpo da estação por meio de túnel, o projeto arquitetônico utiliza-se do espaço central resultante da escavação do poço ou vala para a implantação dos equipamentos de circulação vertical e a constituição de aberturas nas lajes intermediárias de circulação para prover de iluminação e ventilação naturais os níveis mais profundos da estação. As estações Vila Clementino, Santa Cruz e Chácara Klabin são exemplos da aplicação destes conceitos.

Acesso Principal – Conceito da Tipologia Padrão

Para os acessos principais, o partido arquitetônico apropria-se das características construtivas das coberturas em estrutura metálica espacial semiesférica com fechamento translúcido e de lanternins linearmente distribuídos nos espaços de intervenção, para constituir os principais elementos das praças urbanas projetadas acima das lajes de fechamento do corpo da estação.

O projeto de urbanização e paisagismo da Linha 5-Lilás, no trecho Adolfo Pinheiro–Chácara Klabin, adota premissas já consolidadas pela Companhia do Metropolitano de São Paulo, as quais buscam estabelecer uma integração adequada com a paisagem do entorno com os projetos arquitetônicos das novas estações.

Acesso principal - Escadas

Neste sentido, serão empregados equipamentos urbanos, materiais e espécies vegetais adequadas aos fluxos de pessoas e as necessidades de manutenção das áreas públicas externas às estações. Permitindo a segura e correta integração do modal bicicleta com o sistema metroviário, todas as estações deste trecho serão dotadas de bicicletários próximos aos seus principais acessos.