PROCEDIMENTOS PARA A PESQUISA DOMICILIAR

O domicílio sorteado recebe uma carta informando do sorteio e da visita do pesquisador. Esta carta contém um número que é a senha que o pesquisador apresenta a quem o receber, para segurança dos residentes e do pesquisador.

O domicílio é visitado por um pesquisador uniformizado e com identificação. Ele se apresenta e diz a senha que pode ser conferida na carta recebida, e entrevista os residentes.

Finalizada a entrevista, a equipe de supervisão realiza a checagem de alguns dados, para assegurar a correção e qualidade das informações.

No caso da Pesquisa Origem e Destino 2017, o entrevistador portava uniforme e crachá que identificava o Metrô, a Pesquisa, seu nome e documento de identidade...

Caso não seja possível realizar a entrevista na primeira visita, outra visita pode ser agendada pelo domicílio segundo sua conveniência.

Quando é feita a pesquisa