PROGRAMAÇÃO DA LINHA DA CULTURA

SONHAR O MUNDO – LIVRES E IGUAIS

MUSEU DA DIVERSIDADE SEXUAL | SONHAR O MUNDO – LIVRES E IGUAIS – 1 a 31
Estação República

A mostra apresenta trabalhos interativos, com a temática dos Direitos Humanos: obras híbridas que se transformam com a participação do público.
Trata-se de buscar narrativas compartilhadas, de forma a contemplar a diversidade de experiências humanas em um mundo comum.

Curadoria: Paulo Von Poser e Márcio Zamboni
Expografia: Haron Cohen
Apoio: ONU / OAB Diversidade / Defensoria Pública
Execução: APAA / Museu da Diversidade Sexual
Realização: Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo


ESTAÇÕES DO ANO

A série "Estações do Ano" representa nossas sensações quando estamos atentos às mudanças que o clima provoca tanto na natureza como no comportamento humano. Em linguagem simples e objetiva, a artista não se utiliza de simbologias.
As flores que representam a primavera não necessariamente estarão em outro trabalho, representando outra estação com suas aparências mudadas.
Há uma leitura particular que ressalta as estações verão e inverno como próprias à diversão, ressaltando que nessas estações a natureza fica em segundo plano no cotidiano das pessoas.

Artista: Nequitz – www.nequitz.com.brnequitz@gmail.com
Curadoria: Cia. Arte Cultura – www.ciaartecultura.com.br


EM BUSCA DO PRESÉPIO UNIVERSAL

A Sala Metrô Tiradentes apresenta cerca de 30 conjuntos da Coleção de Presépios do Museu de Arte Sacra – MAS. Dentre os conjuntos está "La Nascita de la Esperanza", uma obra de Ulderico Pinfildi, uma das maiores autoridades do mundo em presépios. Também se destaca o Presépio Napolitano, confeccionado entre os séculos XVIII, XIX e XX com barro cozido e policromado, madeira, tecido, liga metálica e gesso. A "Sala Estação Tiradentes" fica na área paga da estação e a entrada é gratuita para os usuários do Metrô.

Patrocínio: Banco Safra
Realização: Governo do Estado de São Paulo / Secretaria da Cultura / Secretaria dos Transportes Metropolitanos / Museu de Arte Sacra / Associação Museu de Arte Sacra de São Paulo (SAMAS)


ILHAS

Ida Ferrand, residente em Paris, estuda gravura na École Estienne e fez este trabalho em 2015, durante seu estágio no Ateliê de Gravura do Museu Lasar Segall. As gravuras são concebidas a partir de sua experiência no Brasil e do livro Le Brésil, Des hommes sont venus, de Blaise Cendrars. A artista expõe duas xilogravuras e duas gravuras em metal em que figura uma paisagem vivida, idealizada e desejada. Na realização deste trabalho Ida explorou de forma intensa os recursos disponíveis no Ateliê de Gravura do Museu Lasar Segall, integrando seu trabalho no ateliê à sua condição de artista viajante. A artista associa sua experiência à do escritor Blaise Cendrars. O imaginário de um lugar, constituído por seus relatos e registros visuais é confrontado pela experiência da viagem. As gravuras presentes na exposição condensam essa vivência da artista, de seu período de trabalho no Brasil e de suas leituras.

Artista: Ida Ferrand
Realização: Metrô de São Paulo e Museu Lasar Segall.


ARQUIVO NO TRIANON-MASP

Na segunda edição/exposição de imagens históricas pertencentes ao Centro de Documentação do MASP, temos: "Vista da exposição Playgrounds de Nelson Leirner (1969) - fotógrafo não identificado" e "Vista do carrossel de Maria Helena Chartuni no vão livre do MASP (década de 70) - foto: Luiz Hossaka". Estas fotos fazem parte dos documentos produzidos e coletados durante as atividades do museu, entre eles imagens de exposições e eventos realizados ou relacionados ao museu desde sua criação.

Realização: Metrô de São Paulo e MASP - Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand


MEDUSAS

Instalação (peças fundidas em bronze, cubos de madeira e placa de acrílico espelhado).

Os espelhos da Medusa
"O universo feminino é uma constante na obra da artista plástica Lara Iglesias. Inclui a figura mítica da Medusa, na sua mescla de sedução e morte, seus cabelos de serpentes, com suas múltiplas conotações, e o universo dos espelhos, pois é pela visão indireta do ente que a sua cabeça foi cortada pelo heroico Perseu.
Todos esses elementos se mesclam numa instalação que traz à tona o diálogo entre as potencialidades do existir e as limitações cotidianas. Na impossibilidade de nos vermos física e psicologicamente, o espelho traz uma visão do que podemos ser, mas, em última análise, aquilo que podemos visualizar é sempre insatisfatório, já que parcial e incompleto.
A Medusa traz em si o poder feminino de gerar e de destruir. Ela conserva a sensualidade e a multiplica pelo fascínio que seu olhar mortal traz. Assim, o querer muito está acompanhado do poder perder tudo. E talvez esse ficar sem nada seja um ensinamento, pois mergulhar integralmente na plenitude do reflexo de um espelho é uma lição de humildade.
Dessa forma, a célebre Medusa e a sua não menos famosa parceira de interpretações psicológicas Alice têm algo em comum. Ambas trazem à tona questões do universo da mulher e dos seres humanos. Geram indagações e trazem dúvidas. O trabalho de Lara Iglesias, nessa jornada, aprofunda questões e nos inquieta".

Artista: Lara Iglesias (n.1972 em São Paulo/SP vive e trabalha em São Paulo/SP) lara.iglesias@terra.com.br
Curadoria: Oscar D´Ambrosio - é doutor em Educação, Arte e História da Cultura e mestre em Artes Visuais.
Produção Executiva: Fabio Galeazzo
Realização: Cia Arte Cultura - www.ciaartecultura.com.br


VITRINE DE IKEBANA

A vitrine, instalada desde 1/12/1993, expõe arranjos de Ikebana produzidos pela Associação de Ikebana do Brasil que são trocados semanalmente (terça-feira) para acompanhar a durabilidade das plantas.

Patrocínio: Yakult
Realização: Metrô de São Paulo e Associação de Ikebana do Brasil


A ARTE, A VIDA E O FUTURO

A exposição "A Arte a Vida e o Futuro", de Ivaan Hansen, é a apresentação de sua visão futurista sobre as transformações e intervenções do nosso tempo e espaço. São representações visuais do conceito artístico de Ivaan em relação às características culturais brasileiras e a cibernética. No cotidiano frenético dessa grande Metrópole, o que está em constante mudança às vezes não é percebido. Mas como será daqui a uma, duas ou três décadas?

Artista: Ivaan Hansen
Apoio: Exclamação Cultura e Arte


DA MINHA JANELA

"A primeira vez que olhei para o céu na orla de Santos, há 20 anos, o sol brilhava. Fiquei impressionada com a luz e movimento das nuvens. Pensei: quero morar aqui!
Quando compramos o apartamento no Edifício Parque Verde Mar, projetado pelo arquiteto João Artacho Jurado, pude presenciar, por meio das enormes janelas, o primeiro pôr do sol.
Ao anoitecer, meus filhos colocaram seus colchões ao lado das janelas, pois não queriam perder nem um minuto daquele momento mágico.
Desde então venho fotografando o pôr do sol dessa mesma janela.
Compreender como o tempo, as estações do ano e as nuvens, interferem no crepúsculo, trazendo cores, formas, luminosidade e beleza, se tornou um delicioso momento em minha vida.
Esse é um resultado parcial de um trabalho de observação de 20 anos do mesmo lugar, em seus momentos mais sublimes. Ainda continuo fotografando o pôr do sol, todos os dias, da minha janela!".

Fotógrafa: Izabel Cristina Esselin – icesselin@gmail.com


AVES DA MATA ATLÂNTICA

O Projeto Aves da Mata Atlântica realiza pesquisas científicas sobre avifauna do litoral norte de São Paulo, abrangendo os municípios de Bertioga, São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba. Além das pesquisas com ênfase nas famílias Psittacidae (papagaios, periquitos, maritacas) e Ramphastidae (tucanos, araçaris), a Agência Ambiental Pick-upau realiza o plantio de espécies nativas, como a palmeira-juçara (Euterpe edulis) e a palmeira-jerivá (Syagrus romanzoffiana), além de ações de sensibilização da sociedade sobre a conservação e a preservação da biodiversidade. O Projeto Aves da Mata Atlântica é patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

Fotos: J. Andrade – www.jotandrade.com
Patrocínio: Programa Petrobras Socioambiental
Realização: Agência Ambiental Pick-upau – www.pick-upau.org.br


ATENAS 1896 - A PRIMEIRA OLIMPÍADA MODERNA

O Consulado Geral da Grécia em São Paulo apresenta a exposição fotográfica "Atenas 1896 - A Primeira Olimpíada Moderna", composta por reproduções dos primeiros jogos olímpicos da Era Moderna. Registradas principalmente pelo fotógrafo grego Iannis Lampakis (1851-1916) e pelo alemão Albert Meyer (1857-1924), as imagens captam cenas da atmosfera dos jogos, das cerimônias e dos atletas em ação. Elas pertencem à Coleção do Museu Benaki de Atenas, ao Centro Cultural Grego de Londres e aos arquivos da família Lampakis. A exposição conta ainda com textos que contextualizam a primeira Olimpíada Moderna.

Curadoria: Aliki Tsirgialou, Isabella Lenzi e Stamos Fafalios
Patrocínio: Babis Zavitsanos, Banco Safra, Chris Cintos, Coletividade Helénica de São Paulo, HASCO Eletrônica, Instituto Cultural Anastassiadis, Terra Ativa Mykonos Luxury Homes, Unipel
Realização: Consulado Geral da Grécia em São Paulo


VITRINE DE FIGURINOS DE ÓPERAS

Dando continuidade à parceria firmada em pelo Theatro São Pedro - equipamento da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, administrado pela Organização Social Instituto Pensarte -, com o Metrô de São Paulo, para uma exposição com os figurinos de óperas do Acervo do Theatro São Pedro, na estação Marechal Deodoro, apresentamos, a partir de 10 de julho o sexto figurino da série de 2016.
O figurino escolhido é de "Sancho Pança", interpretado pelo barítono Eduardo Amir na ópera "Dom Quixote" – ópera em cinco atos de Jules Massenet. O espetáculo esteve em cartaz no Theatro São Pedro e no Theatro Municipal do Rio de Janeiro em março-abril de 2016.
A direção musical e regência foi do Luiz Fernando Malheiro e figurino assinado por Fábio Namatame.

Apoio: Metrô de São Paulo
Parceria: Theatro São Pedro
Realização: Instituto Pensarte – www.pensarte.org.br


RECICLARTE

A exposição Reciclarte mostra o trabalho de Alfredo Borret a partir das tampinhas encontradas nas garrafas de vidro. Batizada de Ecotampas, o artista utiliza do material para transformar o que seria lixo em obras de arte sustentáveis como quadros, ímãs, broches e chaveiros, retratando os principais pontos turísticos do Rio de Janeiro. A mensagem que transmite para as pessoas é: "se beber, recicle – esta tampa levaria 100 anos para se decompor na natureza".

Patrocínio: Mc Bauchemie
Realização: Cultura Sustentável – www.culturasx.com.br


FLORESTA VIVA

A exposição fotográfica "Floresta Viva" apresenta o Legado das Águas - Reserva Votorantim, maior área protegida privada de Mata Atlântica do país. Neste ensaio produzido pelo premiado fotógrafo Luciano Candisani, parte das imagens foram feitas com sofisticados estúdios camuflados na mata, onde animais raros e esquivos "fazem" os próprios retratos ao disparar a câmera ligada a sensores de infra vermelho. Luciano e Reserva são parceiros de longa data em um projeto inovador no uso de narrativas visuais como uma ferramenta efetiva de conservação e desenvolvimento sustentável. Floresta Viva pretende conectar os moradores de São Paulo com a Mata Atlântica, um grande tapete verde habitado por onças, muriquis e muitos outros animais raros, um lugar tão belo quanto fundamental para a qualidade de vida de todos nós.

Apoio: Votorantim S.A.
Produção executiva: Daniela Santilli
Agradecimento: Bruno Portela
Realização: Legado das Águas - Reserva Votorantim


ESTRADA DE FERRO CAMPOS DO JORDÃO

A exposição "Estrada de Ferro Campos do Jordão - Um Século de História" conta a história de sua operação. São fotos, textos e recortes que também contam um pouco da história de São Paulo e do Brasil. Fruto do sonho de dois médicos sanitaristas de melhorar o transporte de pacientes, a Estradinha é hoje em um dos mais charmosos destinos turísticos do Estado.

Apoio: Metrô de São Paulo
Realização: Secretaria dos Transportes Metropolitanos / Estrada de Ferro Campos do Jordão


Apresentações
OFICINA DE IKEBANA OFICINA DE IKEBANA Estação Liberdade - dia 21 às 12h Montagem de arranjo de Ikebana.
Realização: Metrô de São Paulo e Associação de Ikebana do Brasil
Patrocínio: Yakult
FESTIVAL DE CENAS CURTAS DE TEATRO FESTIVAL DE CENAS CURTAS DE TEATRO Estação Santa Cecília - dia 06 às 17h30 e 18h Esquetes com até 15 minutos de duração e com gênero e tema livres.
às 17h30 e às 18 horasMente Mentira
com Gustavo Vierling e Lucas Romano

Realização: Metrô de São Paulo
TERRA, AR, ÁGUA E FOGO – APRESENTAÇÃO MUSICAL TERRA, AR, ÁGUA E FOGO – APRESENTAÇÃO MUSICAL Estação República - dia 28 às 17h Espetáculo do músico, produtor e arranjador Eduardo Kusdra, que faz parte do projeto TERRA, AR, ÁGUA E FOGO.
Apoio: Governo do Estado de São Paulo / Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo (ProAC 2015)
Patrocínio: Paito Motors, Grafimec, LL Audio, Engetubo, Laminação de Metais Paulista e Margirius
10 MINUTOS DE ÓPERA 10 MINUTOS DE ÓPERA Estação Marechal Deodoro - dia 19 às 12h Trechos das mais clássicas canções de Heitor Villa-Lobos.
Apoio: Metrô de São Paulo
Parceria: Theatro São Pedro
Realização: Instituto Pensarte

Mostras Fixas
O METRÔ E SEUS BAIRROS IPIRANGA:
O BAIRRO DO GRITO!
Estação Alto do Ipiranga Realização: Metrô de São Paulo
O METRÔ E SEUS BAIRROS SANTO AMARO Estação Largo Treze Realização: Metrô de São Paulo
O Bonde em Santo Amaro Estação Adolfo Pinheiro Realização: Metrô de São Paulo