PROGRAMAÇÃO DA LINHA DA CULTURA

UM OLHAR COLORIDO NAS ESTAÇÕES DO METRÔ

UM OLHAR COLORIDO NAS ESTAÇÕES DO METRÔ | ESTAÇÃO SÉ – 10 a 30

Nesta mostra, o artista vê o efeito da luz em todos os contornos e formas dando uma visão colorida em tudo, com seus semitons nas paredes, colunas, pessoas e trens.
Nas viagens apressadas, as pessoas não se dão conta das belezas do entorno das estações, seus detalhes na arquitetura e desenho para circulação com soluções geniais e personalizadas em cada lugar.
Um tema delicioso para se colocar em tela e um desafio num ambiente muito movimentado, mostrando muitos olhares para se admirar como a mudança de hábitos e costumes. Foram registrados vários momentos, tendo como testemunho a passagem pela cidade.

Artista:Edu das Águas - www.edudasaguas.com.br
Apoio: APBA Associação Paulista de Belas Artes / Restaurante Cama &Café São Paulo / 3D SIGN – Comunicação Visual


Legenda: Exposições Apresentação Parceria com Museus Vitrines

APARECIDA DO BRASIL

AEm sua Sala Metrô Tiradentes, o Museu de Arte Sacra de São Paulo tem a oportunidade de apresentar uma exposição que retrata todas as fases da construção da Basílica de Aparecida.
Ao lado das fotos cedidas pelo Santuário, tem o orgulho de apresentar uma colher de pedreiro utilizada no lançamento da pedra fundamental e que hoje pertence ao cervo do MAS.
Como toda obra com tal significado, as fases se sucederam ao longo dos anos e hoje, quando são comemorados 300 anos da aparição da imagem nas águas do Rio Paraíba, a mostra dá uma ideia do imenso trabalho realizado, não só com tijolos mas principalmente com fé.

Fotógrafo: Thiago Leon
Curadoria: Cesar Augusto Maia
Realização: Governo do Estado de São Paulo / Secretaria da Cultura / Secretaria dos Transportes Metropolitanos / Metrô de São Paulo / Museu de Arte Sacra / Associação Museu de Arte Sacra de São Paulo (SAMAS)


VIVENDO MODIGLIANI

Na mostra “Vivendo Modigliani”, a artista Tânia Pessoa de Barros desenvolve sua expressão em releituras e utiliza a técnica da aquarela. Ela traz ricas informações do mestre da história da arte, Amedeo Modigliani.
Desde 2016, Tânia se aprofundou no projeto sobre as obras de Modigliani. No século XX, o artista desenvolveu seu estilo próprio. Os retratos femininos são caracterizados por rostos e pescoços alongados, devido ao seu estudo com máscaras africanas.

Artista: Tânia Pessoa de Barros
Curadoria: Rose de Paulo - rosedepaulo@gmail.com


NA LINHA DO HUMOR - Salão Internacional de Humor de Piracicaba

A mostra reúne personalidades conhecidas das mais diversas áreas como a política, o mundo da TV, o esporte (entre eles o ídolo atletismo Usain Bolt), a atriz brasileira Fernanda Montenegro, o pintor espanhol Pablo Picasso, o apresentador de TV Fausto Silva e o grande líder pacificador indiano Mahatma Gandhi. Cartunistas brasileiros e estrangeiros não pouparam traços e cores e exageraram na qualidade e no bom humor gráfico, apresentando ao público o que há de melhor na caricatura mundial.
Realizado desde 1974 e em sua 44º edição, o Salão Internacional de Humor de Piracicaba se destaca como um dos maiores e ininterruptos eventos de humor gráfico do mundo. Artistas vários países se preparam anualmente para participar e concorrer a um dos prêmios mais desejados no humor mundial, enviando seus melhores trabalhos nas categorias caricatura, cartum, charge e tiras cômicas/hq.

Site: www.salaodehumor.piracicaba.sp.gov.br
Realização: Prefeitura Municipal de Piracicaba / Secretaria Municipal de Ação Cultural / Centro Nacional do Humor Gráfico de Piracicaba


REDEFININDO A BOA VIDA

Exposição interativa que leva à reflexão sobre a transformação dos comportamentos e hábitos dos indivíduos em nossa sociedade. Perguntas instigantes provocam a intervenção direta dos usuários por meio de adesivos coloridos com as respostas Sim (verde), Não (vermelho) ou Depende (amarelo). A ação promove a construção coletiva de um painel vivo, gerando um infográfico sobre os usos e costumes em evolução em nossa metrópole.

Designer: Sérgio Almeida
Apoio: Conferência Internacional Sustainable Brands São Paulo - alvaro@reportsustentabilidade.com.br


50 ANOS DE HISTÓRIA

O Museu Lasar Segall foi inaugurado em 21 de setembro de 1967, idealizado pela esposa do artista e seus dois filhos (Maurício e Oscar), passando por diversas etapas. Inicialmente ligado à Vila Mariana e imediações, teve sua atuação ampliada e diversificada a partir da inauguração da linha norte-sul (atual Linha 1-Azul) do Metrô em 1974.
O Museu Lasar Segall hoje é uma instituição federal com a missão de preservar, estudar e divulgar a obra de Lasar Segall, por intermédio de exposições e publicações, além de promover atividades em diversas áreas como ateliê de gravura, oficinas de redação, cursos de fotografia e uma Biblioteca especializada em artes do espetáculo e fotografia.
A partir de 23 de setembro de 2017, o Museu Lasar Segall exibirá uma ampla exposição contando seus 50 anos de história.

Realização: Museu Lasar Segall / Metrô de São Paulo


UCRÂNIA: ARTE & TRADIÇÃO

A mostra “Ucrânia: Arte & Tradição” destaca fotos da arte milenar, enfocando desde a pintura das pêssankas com seu estilo próprio e único, até a dança e aspectos geográficos e sociais da própria Ucrânia.
A Ucrânia é o segundo país da Europa, com mais de 47 milhões de habitantes. A nação ucraniana resistiu por séculos a todas as tentativas de absorção e assimilação de outras culturas, continuando a manter, por meio dos confins que a dividem, a unidade da língua, da cultura e do espírito que sempre defendeu, com sacrifícios de homens e bens no mais longínquo ponto de seu território étnico.

Apoio: Embaixada da Ucrânia no Brasil / Sociedade Ucraniano-Brasileira “Unificação”
Produção: Coutinho Eventos - mauricioimprensa@yahoo.com.br


VISTAS DE SÃO PAULO

“Vistas de São Paulo” é uma série de fotografias da cidade de São Paulo, registradas a partir dos locais de passagem e os percursos realizados no cotidiano do fotógrafo na cidade. Algumas imagens já fazem parte do imaginário da metrópole, como os prédios, as luzes e a velocidade dos carros e das pessoas. Outras propõem um olhar além dos clichês, como a presença da natureza em parques e florestas.

Fotógrafo: Thiago Borazanian - thiagoborazanian@gmail.com


SIGA SEU CORAÇÃO E TOME UMA ATITUDE

O “Instituto Lado a Lado pela Vida” convida você a aproveitar esta exposição para não só admirar as esculturas que tiveram a intervenção de renomados artistas, mas também se informar e passar a cuidar melhor do seu coração. É possível promover uma mudança de hábitos e atitudes para a prevenção das doenças cardiovasculares e esta atitude está em suas mãos!
Cuidar bem do coração é uma arte que exige atenção e carinho consigo mesmo. Estamos sujeitos a vários fatores de risco que comprometem a saúde do coração e uma vida plena, como o Diabetes, a Hipertensão Arterial, a Obesidade, o Colesterol Alto, o Sedentarismo, o Estresse, o Tabagismo, entre outros.

Patrocínio: DPSP (Drogaria Pacheco e São Paulo) e Bristol-Myers Squibb
Apoio: MINC - Ministério da Cultura
Realização: Instituto Lado a Lado pela Vida - www.ladoaladopelavida.org.br


MASP no Metrô

O MASP inaugura um novo programa para ocupação das vitrines na Estação Trianon-MASP, o MASP no Metrô. O programa substitui Arquivo no Trianon-Masp, que exibiu em 2016, e parte de 2017, imagens históricas pertencentes ao Centro de Documentação do MASP. Ao longo desse período, serão expostas reproduções ou trechos de trabalhos que estarão presentes nas exposições abrigadas pelo museu.
Em torno da mostra Histórias da sexualidade, que contará com obras de diferentes períodos e acervos, serão apresentadas exposições monográficas de artistas brasileiros e internacionais, cujos trabalhos suscitam questionamentos sobre corporalidade, desejo, sensualidade, erotismo, feminismo, questões de gênero, entre outros. Nessa primeira edição, o programa MASP no Metrô exibe reproduções de trabalhos dos anos 1960-70 das artistas Teresinha Soares e Wanda Pimentel, que podem ser vistos até o mês de agosto no museu. As vitrines, localizadas no primeiro subsolo da Estação Trianon-MASP, têm acesso gratuito.

Realização: MASP - Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand / Metrô de São Paulo


2ª MOSTRA DIVERSA

A Mostra Diversa representa um panorama da produção artística relacionada a temática da diversidade sexual. Os 17 projetos contemplados nesta edição versam sobre as orientações sexuais, identidades e expressões de gêneros desenvolvidas em diferentes técnicas, como a fotografia, pintura, colagem, entre outros, criando um mosaico da visão de novos artistas sobre o tema.

Curadoria: Museu da Diversidade Sexual - www.mds.org.br
Execução: APAA / Museu da Diversidade Sexual
Realização: Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo


A CIDADE NO BURACO DA AGULHA

A exposição apresenta imagens fotográficas de diferentes locais da cidade de São Paulo, feitas com câmeras do tipo pinhole (buraco da agulha), de diversos formatos, muitas delas construídas com materiais de baixo custo.
A arte de fotografar com pinhole é um dos processos mais antigos de se gravar imagens. É simples e pode ser realizada com câmeras artesanais feitas com latas ou caixas, de formatos e tamanhos variados.
Em algumas fotos pode-se notar a evolução na resolução das imagens ao se utilizar filmes nas câmeras em lugar do papel fotográfico: os filmes são mais sensibilizados pela luz do que o papel fotográfico. Já o desenvolvimento de filmes infravermelhos permitiu obterem-se imagens pinhole diferentes das obtidas no papel e nos filmes comuns.

Artista: Lelo Néspoli - www.pinhole.net.br
Apoio: Laboratório da Adriana / Consigo


JUNTOS PINTANDO

Voltado à inclusão social, “Juntos Pintando” é o novo projeto do artista plástico Sérgio Astral. O intuito é trabalhar com crianças e jovens entre 6 e 15 anos, fazendo com que este público descubra por meio da arte um mundo inexplorado por eles e que tem um grande destaque nas redes sociais como a plataforma Youtube . Durante um tempo, o artista plástico deu aulas de artes na periferia de São Paulo, na "ONG: Jardim Unidos Num Trabalho de Obras Sociais (J.U.N.T.O.S)". Lá contou com a vontade dos alunos e assim surgiu a ideia de pintar os Youtubers.

Artista: Sérgio Astral - sergioastral@hotmail.com
Apoio: Panela na Rua / Feira Qualquer Coisa / Cavérik / ONG J.U.N.T.O.S (Jardim Unidos Num Trabalho de Obras Sociais)


ÁFRICA YETU

A mostra é resultado de um sonho que ganha vida e se torna o projeto “África Yetu”. Uma trajetória vivida em forma de diário, desde o pouso no aeroporto do Kilimanjaro, a ida à cidade de Arusha, ponto de partida para grandes safaris da Tânzania (leste da África), até estar frente a frente com as feras da savana africana. Poder fotografá-las é sentir uma energia inexplicável.

Apoio: Fast Frame Mkt Place
Realização: Glad Macedo - www.gladmacedo.com


30 ANOS DA FUNDAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO – FDE

A mostra é uma exposição comemorativa dos 30 anos da Fundação para o Desenvolvimento da Educação - FDE, entidade vinculada à Secretaria da Educação do Governo do Estado de São Paulo.
O objetivo é expor suas realizações durante essa trajetória, dedicada à construção e manutenção de cerca de cinco mil edifícios da rede pública escolar paulista, ao suprimento desta rede com equipamentos e mobiliário escolar e tecnologia da informação.
É a primeira instituição governamental do país a construir escolas certificadas pelo selo AQUA-HQE de Sustentabilidade Ambiental.
O mobiliário escolar projetado pela FDE é adotado pelo governo federal, municípios e redes privadas e é distribuído em todo o território nacional.
Premiada em suas várias áreas de atuação e objeto de vários artigos em publicações especializadas tanto no Brasil como no exterior, a FDE destaca-se como uma importante fonte de referência em tecnologias voltadas aos suportes físicos da Educação e a projetos extra-curriculares.

Site: www.fde.sp.gov.br
Realização: Governo do Estado de São Paulo / Secretaria da Educação do Estado de São Paulo / Fundação para o Desenvolvimento da Educação – FDE


PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE NO BRASIL - UNESCO

O projeto resultou nessa exposição fotográfica que faz parte do Patrimônio Material da Humanidade no Brasil, titulados pela UNESCO quanto à importância histórica ou por questões de natureza.
Os Patrimônios da Humanidade são locais considerados de grande valor para o mundo. O Brasil abriga alguns deles, retratados no projeto e desenvolvido pelo fotógrafo e editor Marcos Piffer, juntamente com a UNESCO, e a Editora Brasileira. Essa parceria resultou num livro publicado em 2016. Dentre as mais de oito mil imagens feitas, 180 estão no livro, que leva o mesmo nome da exposição.

Apoio: Produtora Brasileira / UNESCO
Realização: Editora Brasileira / Marcos Piffer - www.marcospiffer.com.br


CEBIMar - 60 anos

Esta exposição fotográfica celebra os 60 anos do Centro de Biologia Marinha da USP e apresenta imagens obtidas por seus pesquisadores e colaboradores.
Itinerando desde 2015, a mostra tem como objetivo principal divulgar a beleza e o valor estético da vida marinha, mas também almeja suscitar nas pessoas o interesse pelo conhecimento científico e a preocupação com os problemas ambientais dos oceanos.
A maior parte dos organismos foi fotografada no litoral norte do estado de São Paulo, sobretudo na região do canal de São Sebastião, embora outros sejam provenientes de localidades diferentes.

Realização: CEBIMar – Centro de Biologia Marinha da USP - www.cebimar.usp.br


MARGEM: UM OLHAR SOBRE O EXTREMO

O Extremo Sul da capital paulistana surge como elemento fundamental que permeia o ensaio autoral do fotógrafo e educador André Bueno. Com olhar voltado para a forma de habitar e identidade local, revela a intimidade com a região onde vive e convida o observador a descobrir as delicadezas de seu percurso cotidiano, com o propósito de estimular reflexões sobre a necessidade de preservar o meio ambiente e valorizar a cultura local.
A Represa Billings, um dos mais importantes reservatórios de água da metrópole paulistana, e as áreas de proteção ambiental do Extremo Sul são retratadas por sentidos que transbordam pela sua poesia latente entre a margem e o urbano, entre a água e a terra e entre a juventude e a cultura tradicional que ali resiste: agricultores, pescadores, indígenas, além de paisagens e arquitetura que se estruturam às margens da capital e do capital.

Fotógrafo: André Bueno - www.andrebueno.com.br
Apoio: Fbb Comunicação / Pontos de Vista / Casa Ecoativa / Casa do Rosário


ARTESÓFRIDA

A exposição “ArteSóFrida”, da artista plástica digital Juliana Juaquina, usa a icônica figura da pintora mexicana Frida Khalo como personagem central de releituras de imagens clássicas, não só do mundo das artes plásticas mais tradicionais, como também do mundo do cinema, da música e da filosofia.

Projeto: ArteSóFrida
Artista: Juliana Juaquina - @julianajuaquinailustradora


VITRINE DE IKEBANA

A vitrine, instalada desde 1/12/1993, expõe arranjos de Ikebana produzidos pela Associação de Ikebana do Brasil, que são trocados semanalmente (terça-feira) para acompanhar a durabilidade das plantas.

Realização: Associação de Ikebana do Brasil / Metrô de São Paulo


ARQUEOLOGIA - O METRÔ DESCOBRINDO O PASSADO

Os estudos arqueológicos desenvolvidos durante a execução das obras do Metrô de São Paulo têm revelado registros importantes do patrimônio ainda preservados no subsolo da cidade.
Os vestígios arqueológicos, resíduos materiais da vivência das pessoas, resgatam informações sobre diversos aspectos da ocupação da cidade: tipos de moradia, hábitos alimentares e utensílios domésticos, consumo, costumes, atividades profissionais, industrialização, transportes, entre outros.
A vitrine “Arqueologia - O Metrô Descobrindo o Passado” traz uma amostra dos materiais arqueológicos do Sítio Santo Amaro I, resgatados para implantação da Linha 5-Lilás do Metrô.

Realização: A Lasca Arqueologia / Metrô de São Paulo
Apoio: Iphan / Museu Histórico Sorocabano


BANDA DOS SEGURANÇAS DO METRÔ

Em comemoração aos 43 anos do início da operação comercial da Companhia do Metropolitano de São Paulo - Metrô, a Banda dos Seguranças do Metrô fará uma apresentação especial.

Realização: Metrô de São Paulo


A MATA É NOSSA CASA Estação São Bento - de 10 a 30 A exposição “A Mata é a Nossa Casa” conta as conquistas da primeira ONG que protege a floresta mais ameaçada do país com diversos projetos nas áreas de monitoramento e restauração. A mostra apresenta painéis com informações sobre os avanços obtidos durante as três décadas de história, ressaltando a importância da Mata Atlântica, além da relevância e urgência de sua preservação.
Fundada em 20 de setembro de 1986, a ONG tem como ideal a conservação ambiental, associada ao objetivo de profissionalizar ativistas e difundir conhecimento sobre o bioma. A entidade também é responsável pelo amadurecimento do movimento ambientalista no país. A Mata Atlântica é uma das áreas mais ricas em biodiversidade do planeta e o bioma mais ameaçado do Brasil.

Realização: Fundação SOS Mata Atlântica

Mostras Fixas
O METRÔ E SEUS BAIRROS. IPIRANGA: O BAIRRO DO GRITO! O METRÔ E SEUS BAIRROS IPIRANGA: O BAIRRO DO GRITO! Estação Alto do Ipiranga Apoio: Adhemir Fogassa Maquetes
Realização: Metrô de São Paulo
O METRÔ E SEUS BAIRROS. SANTO AMARO O METRÔ E SEUS BAIRROS SANTO AMARO Estação Largo Treze Realização: Metrô de São Paulo
O BONDE EM SANTO AMARO O Bonde em Santo Amaro Estação Adolfo Pinheiro Realização: Metrô de São Paulo