DICAS DE FIM DE SEMANA

VEJA NOSSAS DICAS E VÁ DE METRÔ

No último fim de semana de maio, as pessoas podem aproveitar o que de melhor a cidade oferece. Algumas sugestões estendem-se pela semana. São muitas atrações em locais de fácil acesso, principalmente para quem for de Metrô.

ESTAÇÃO SÃO BENTO

Estação São Bento

Mais de 300 obras, produzidas desde o século 16 até os dias de hoje, compõem a exposição coletiva Vaivém. Sob curadoria do crítico e historiador da arte Raphael Fonseca, os trabalhos foram reunidos a partir de um único elemento comum: as redes de dormir, associadas à cultura dos índios e à própria formação da identidade brasileira. Com criações de 141 artistas – entre eles, 32 indígenas –, a exposição não tem por objetivo ressaltar estereótipos ligados à ‘tropicalidade’ do País. Ao expor obras de nomes como Bené Fonteles, Bispo do Rosário, Claudia Andujar, Dalton Paula, Ernesto Neto, Tarsila do Amaral e Tunga, a mostra busca propor reflexões sobre como um fazer ancestral tornou-se, por meio de diversas ‘apropriações’ ao longo da história, um símbolo tão atrelado ao imaginário nacional. Para desbravar esse universo, o público é convidado a percorrer seis núcleos temáticos – como ‘Resistências e Permanências’, ‘Disseminações: Entre o Público e o Privado’ e ‘Modernidades: Espaços para a Preguiça’ –, ao longo dos quais destacam-se desde pinturas e esculturas até instalações e performances. Quarta a segunda, das 9h às 21h. Grátis. Até 29 de julho. O Centro Cultural Banco do Brasil fica na Rua Álvares Penteado, 112, próximo à Estação São Bento. O telefone é 3113-3651.

ESTAÇÃO BUTANTÃ

Estação Butantã

Entre pinturas e trabalhos com papel jornal, a exposição Luciano Figueiredo em Diálogo com Raymundo Colares apresenta obras históricas dos dois artistas, expoentes do movimento da contracultura e do experimentalismo no Brasil nos anos 1970. Terça a sexta, das 10h às 19h; sábado, das 10h às 17h. Grátis. Até 22 de junho. Na Galeria Leme, que fica na Avenida Valdemar Ferreira, 130, próxima à Estação Butantã. O telefone é 3093-8184.

ESTAÇÃO TIRADENTES

Estação Tiradentes

Com curadoria de Beatriz Cruz, a mostra Pintura Ibero-Andina – A Arte Religiosa na América Hispânica destaca um conjunto de dez obras de arte ibero-andina doado ao Museu de Arte Sacra pelo engenheiro e colecionador Ladi Biezus. Terça a domingo, das 9h às 17h. R$ 6,00. Grátis aos sábados. Até 2 de junho. O Museu de Arte Sacra fica na Avenida Tiradentes, 676, próximo à Estação Tiradentes. O telefone é 3326-5393.

ESTAÇÃO HIGIENÓPOLIS-MACKENZIE

Estação Higienópolis-Mackenzie

O fotógrafo Rafael Ambrosio apresenta a mostra Please Don't Touch, com registros da cultura Lowrider, de pinturas e rebaixamentos de carros. Terça a domingo, das 12h às 22h. Grátis. Até 8 de junho. Na Matilha Cultural, que fica na Rua Rego Freitas, 542, próxima à Estação Higienópolis-Mackenzie. O telefone é 3256-2636.

ESTAÇÃO SANTA CECÍLIA

Estação Santa Cecília

Fruto de pesquisa sobre obras como ‘1984’ e ‘Matrix’, a peça imersiva Distopia Brasil, do Núcleo do Pequeno Ato, é inspirada em questões sociopolíticas atuais. A direção é de Pedro Granato. 90 min. 12 anos. Sábado e domingo, às 19h. R$ 20,00. Até 9 de junho. No Complexo Cultural Funarte – Sala Arquimedes Ribeiro (70 lugares), que fica na Alameda Nothmann, 1058, próxima à Estação Santa Cecília. O telefone é 3662-5177.